Pular para o conteúdo principal

Espetáculo teatral "Uma Visita", realização da Esfera Produções em parceria com o Grupo Armação, em comemoração dos 30 anos do Teatro da UFSC


Acontece de 7 a 9 de agosto, de sexta-feira a domingo, no Teatro da UFSC, a apresentação do espetáculo teatral "Uma Visita", realização da Espera Produções em parceria com o Grupo Armação, de Florianópolis. Esta apresentação faz parte da temporada comemorativa de 30 anos do Teatro da UFSC, agendada para este ano.


Para a temporada comemorativa dos 30 anos do Teatro da UFSC, o Departamento Artístico Cultural da UFSC - DAC organizou uma programação especial, com vários espetáculos da cidade para este ano. São 13 peças que se apresentarão no palco do teatro até dezembro deste ano. A abertura da temporada aconteceu em maio. Neste começo de semestre, a programação conta com a presença de Uma Visita, de 07 a 09 de agosto.


Os ingressos para o espetáculo são gratuitos, quem quiser garantir o seu poderá retirá-lo com antecedência no DAC/Teatro da UFSC, na quinta ou sexta-feira, das 14 às 17 horas. Por se tratar de espetáculo gratuito, os ingressos garantirão o acesso ao Teatro até às 20 horas. Após esse horário, os eventuais lugares vagos serão liberados para o público excedente.


Veja o blog com a programação comemorativa completa, textos sobre os espetáculos e breves textos históricos sobre o Teatro da UFSC pelo site http://www.dac.ufsc.br/

Uma Visita, uma das peças do mês de agosto da temporada comemorativa, conta a história de um empresário, Hubert, da cidade de Hamburgo que está em viagem para Munique a negócios. No meio do caminho, resolve desviar-se do destino para visitar uma ex-amante, Frieda, que agora está casada com Erich, um modesto maquinista de trem. Chegando a Ulm, Hubert aconselha seu fiel motorista Berthold a se divertir e procurar um quarto para passar a noite, e retomar a viagem no dia seguinte. Como pretexto, diz ao motorista que vai visitar alguns amigos. Este encontro promete uma noite insólita, cheia de surpresas, envolvendo amor, ódio, mentiras, crueldade, insanidade e lirismo.


Com a autoria do alemão Martin Walsen e direção de Antônio Cunha, Uma Visita é um texto instigante e arrojado que desnuda com rara maestria a complexidade das relações humanas por meio de quatro incríveis personagens.




O Teatro da UFSC faz parte do Departamento Artístico Cultural, vinculado à Secretaria de Cultura e Arte da Universidade Federal de Santa Catarina.



SERVIÇO:


Espetáculo teatral "Uma Visita", realização da Espera Produções em parceria com o Grupo Armação.

QUANDO: Nos dias 07,08 e 09 de agosto de 2009, sexta a domingo, às 20 horas.

ONDE: Teatro da UFSC, Praça Santos Dumont, Trindade, Florianópolis-SC.

QUANTO: Entrada gratuita e aberto para a comunidade.

Contato: DAC / Teatro da UFSC
(48) 3721-9348 e 3721-9447 - http://www.dac.ufsc.br/

Contato: Esfera Produções
Mariane Feil: (48) 9122-7604



Fonte: Sendy C. da Luz, Acadêmica de Jornalismo - Bolsista de Extensão do Departamento Artístico Cultural - DAC: SECARTE: UFSC, com material institucional e fornecido pelos grupos. Contato
Notícias: (48) 3721-9348 e noticias@dac.ufsc.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FOTOMONTAGEM FLORIANÓPOLIS FRIA NO INVERNO...

FLORIANÓPOLIS TÁ FRIA...

Preciso me esquentar logo e como diz a Marilyn Monroe "Ter uma carreira é maravilhoso, mas ela não pode te aquecer numa noite fria." ... enfim ai que frio GOSTOSO.
SÓ QUE SOZINHO, AI AI...

FESTIVAL PALCO GIRATÓRIO.

O Festival Palco Giratório Sesc traz a Florianópolis 30 dias de programação intensa e gratuita, com apresentações de teatro, dança, circo, intervenções urbanas, oficinas e arte. Confira a agenda completa e aproveite: www.sesc-sc.com.br/palcogiratorio

ACONTECENDO AGORA!

    :A LUVA E A PEDRA
Espetáculo em repertório desde 2013 Concepção: A Luva e a Pedra é um texto de Quiqué Fernadez, autor e ator Argentino radicado em Madrid. O grupo entrou em contato com o autor e com sua montagem do referido espetáculo em 2011, quando participou do Festival CASA, em Londres. O interesse do grupo sobre o texto surgiu principalmente por se tratar de um trabalho que exigia técnica e fisicamente o trabalho de ator. O diretor e ator da montagem do Teatro em Trâmite, André Francisco, procurava um texto vigoroso e ao mesmo tempo capaz de provocar um trabalho técnico detalhado de interpretação naturalista – proposta expressa na pesquisa que o grupo realizava em 2013. A Luva e a Pedra se distinguia porque propõe a interpretação pelo ator do monólogo de alguns personagens, proposta que diversificava o trabalho do ator em uso do corpo e da voz. Apesar de permitir o acesso às técnicas do teatro naturalista de Stanislávski, o texto provocava uma abertura do leq…