terça-feira, 3 de novembro de 2009

Livro das Perguntas


Pablo Neruda escrevia um livro de perguntas quando morreu, em 1973.O que diz a velha cinza quando caminha junto ao fogo? Por que se suicidam as folhas quando se sentem amarelas? é verdade que as esperanças devem regar-se com orvalho? Como sabem as estações que devem trocar de camisa? Parece coisa de criança ou talvez seja a habilidade final do poeta com as palavras, falando para crianças e adultos.
"as frases fora do comum (...) ajudam a refletir as coisas e o mundo, sobre nós humanos, sobre tudo" diz Alice Rocha Gonçalves de 10 anos. A menina fala como um adulto sobre as supostas perguntas infantis de Neruda, cuja genialidade maior foi mobilizar com seus versos as mais profundas emoções.Quem assistiu o filme O Carteiro e o Poeta (1994), baseado na obra de Antonio Skármeta, há de se lembrar da força de seus poemas na relação do carteiro Mario Ruppuolo ( na interpretação magistral de Massimo Troisi), com o Poeta representado pelo ator Philippe Noiret, a fim de conquistar sua amada com os versos do poeta.
Livro da Perguntas ( Cosac Naif, 182 págs. R$ 45) tem tradução do poeta Ferreira Gullar e ilustrações do espanhol Isidro Ferrer, que compõe um desenho teatral para cada página de perguntas do poeta chileno Prêmio Nobel de Literatura.

Nenhum comentário: