Pular para o conteúdo principal

ESPETÁCULO KASSANDRA SESSÃO ÚNICA!


Após controverso cancelamento de sua apresentação na última Maratona Cultural de Florianópolis por conta do local escolhido para tal - o mesmo onde o projeto nasceu e sempre foi encenado, diga-se de passagem - o espetáculo teatral Kassandra, com a atriz Milena Moraes, direção de Renato Turnes e realização de La Vaca Productora de Arte, faz única apresentação no próximo dia 11 de maio, sábado, à meia-noite.
O texto, do dramaturgo franco-uruguaio Sergio Blanco, é inédito no Brasil e foi criado para ser encenado em espaços não-convencionais e em um inglês rudimentar, muito básico, próprio de alguém que precisa se comunicar em um idioma que não é o seu.
Em Florianópolis as apresentações acontecem no Bokarra Club, a mais tradicional casa de diversão adulta da cidade, que abre nos dias de apresentação ÚNICA e EXCLUSIVAMENTE para esse fim. A montagem se utiliza da mítica ao redor do espaço erótico em seu favor e desperta a curiosidade de um público que normalmente não frequentaria esse ambiente, mas, a partir do pretexto da representação teatral, sente-se à vontade para conhecer esse novo espaço.
O espetáculo parte da personagem mítica da Guerra de Troia, a jovem princesa que recebe o dom da vidência do deus Apolo, mas taxada de louca não consegue convencer seu povo do massacre iminente. É um híbrido de mitologia e cultura pop. Segundo Turnes, o diretor, Kassandra é uma incursão estética por lugares proibidos, guiados por fetichismo, música eletrônica, Pernalonga, sexo e poder. 
SINOPSE: Kassandra, Princesa de Troia. Nasceu menino, mas transformou seu corpo e se tornou uma guerreira do sexo. Tinha o dom da vidência, mas foi chamada de louca quando previu a terrível tragédia.  Nesta noite ela recebe clientes na boate em que trabalha e reconta, em uma língua que não é a sua, o mito violento e sensual que os escritores gregos se esqueceram de narrar. 
Este projeto foi contemplado pelo Prêmio FUNARTE de Teatro Myriam Muniz 2011.
Saiba mais sobre o espetáculo em www.kassandrabrazil.com e www.facebook.com/kassandraoftroy.
IMPORTANTE:
· A casa abre em dias de apresentação ÚNICA e EXCLUSIVAMENTE para a realização do espetáculo;
· As vendas de ingressos acontecem SOMENTE pelo Portal Nós Vamos. NÃO É POSSÍVEL A COMPRA NO LOCAL;
· Os ingressos são LIMITADOS para o bom andamento do espetáculo e conforto de todos;
·  A entrada é permitida apenas para maiores de 18 anos, com nome na lista do Portal Nós Vamos e mediante apresentação de documento de identidade;
· O espetáculo é executado em um inglês rudimentar. É desejável um nível básico de entendimento da LÍNGUA INGLESA para melhor aproveitamento da peça;
·  A casa abrirá uma hora antes da apresentação (às 23h). É necessário chegar ao local até às 23h45;
· O Bokarra Club fica na Rua Menino Deus, 173, Centro de Florianópolis;
O bar da casa funcionará com preços promocionais em dias de espetáculo

 BOKARRA CLUB
Endereço:
MENINO DE DEUS, 173 - CENTRO - CEP 88015-203
FLORIANÓPOLIS - SANTA CATARINA

Sobre o local:
Acesso para deficientes: Sim
Estacionamento: Sim

Telefone para contato: (48)9138-2330




COMPRA DE INGRESSOS PELO SITE: NÓS VAMOS.

FONTE: SITE NÓS VAMOS.
AGRADECIMENTOS A ATRIZ MILENA MORAES.
BLOG BUGIGANGART

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FOTOMONTAGEM FLORIANÓPOLIS FRIA NO INVERNO...

FLORIANÓPOLIS TÁ FRIA...

Preciso me esquentar logo e como diz a Marilyn Monroe "Ter uma carreira é maravilhoso, mas ela não pode te aquecer numa noite fria." ... enfim ai que frio GOSTOSO.
SÓ QUE SOZINHO, AI AI...

FESTIVAL PALCO GIRATÓRIO.

O Festival Palco Giratório Sesc traz a Florianópolis 30 dias de programação intensa e gratuita, com apresentações de teatro, dança, circo, intervenções urbanas, oficinas e arte. Confira a agenda completa e aproveite: www.sesc-sc.com.br/palcogiratorio

ACONTECENDO AGORA!

    :A LUVA E A PEDRA
Espetáculo em repertório desde 2013 Concepção: A Luva e a Pedra é um texto de Quiqué Fernadez, autor e ator Argentino radicado em Madrid. O grupo entrou em contato com o autor e com sua montagem do referido espetáculo em 2011, quando participou do Festival CASA, em Londres. O interesse do grupo sobre o texto surgiu principalmente por se tratar de um trabalho que exigia técnica e fisicamente o trabalho de ator. O diretor e ator da montagem do Teatro em Trâmite, André Francisco, procurava um texto vigoroso e ao mesmo tempo capaz de provocar um trabalho técnico detalhado de interpretação naturalista – proposta expressa na pesquisa que o grupo realizava em 2013. A Luva e a Pedra se distinguia porque propõe a interpretação pelo ator do monólogo de alguns personagens, proposta que diversificava o trabalho do ator em uso do corpo e da voz. Apesar de permitir o acesso às técnicas do teatro naturalista de Stanislávski, o texto provocava uma abertura do leq…