Pular para o conteúdo principal

ESPÍRITOS EM FOTOS???


























Campanha The History Channel une passado e presente de lugares históricos em fotografias

Know Where You Stand, campanha impressa para o The History Channel, que já vem sendo veiculado há um tempo, une passado e presente da história mundial em fotografias.
Desenvolvida pelo fotógrafo Seth Taras, as artes são compostas por fotos famosas de momentos históricos fundidas à imagens que representam o cotidiano desses locais hoje. Foram retratados momentos como o desembarque nas prais da Normandia, o local do desastre de Hindenburg, visita de Hitler à Paris (terraço do Palais de Chaillot) e o Muro de Berlim.
A campanha é da agência Ground Zero (atual Wong, Doody, Crandall, Wiener), de Toronto, e visa motivar as pessoas a descobrirem as histórias que guardam os locais ao redor delas.

fonte da reportagem: B9

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FOTOMONTAGEM FLORIANÓPOLIS FRIA NO INVERNO...

FLORIANÓPOLIS TÁ FRIA...

Preciso me esquentar logo e como diz a Marilyn Monroe "Ter uma carreira é maravilhoso, mas ela não pode te aquecer numa noite fria." ... enfim ai que frio GOSTOSO.
SÓ QUE SOZINHO, AI AI...

FESTIVAL PALCO GIRATÓRIO.

O Festival Palco Giratório Sesc traz a Florianópolis 30 dias de programação intensa e gratuita, com apresentações de teatro, dança, circo, intervenções urbanas, oficinas e arte. Confira a agenda completa e aproveite: www.sesc-sc.com.br/palcogiratorio

ACONTECENDO AGORA!

    :A LUVA E A PEDRA
Espetáculo em repertório desde 2013 Concepção: A Luva e a Pedra é um texto de Quiqué Fernadez, autor e ator Argentino radicado em Madrid. O grupo entrou em contato com o autor e com sua montagem do referido espetáculo em 2011, quando participou do Festival CASA, em Londres. O interesse do grupo sobre o texto surgiu principalmente por se tratar de um trabalho que exigia técnica e fisicamente o trabalho de ator. O diretor e ator da montagem do Teatro em Trâmite, André Francisco, procurava um texto vigoroso e ao mesmo tempo capaz de provocar um trabalho técnico detalhado de interpretação naturalista – proposta expressa na pesquisa que o grupo realizava em 2013. A Luva e a Pedra se distinguia porque propõe a interpretação pelo ator do monólogo de alguns personagens, proposta que diversificava o trabalho do ator em uso do corpo e da voz. Apesar de permitir o acesso às técnicas do teatro naturalista de Stanislávski, o texto provocava uma abertura do leq…