Pular para o conteúdo principal

DE OLHO NO CÉU: LUA OCULTARÁ VÊNUS EM UM FENÔMENO QUE OCORRE NESTE DOMINGO 08\09\2013

Fenômeno astronômico poderá ser visto por cidades situadas abaixo de FLORIANÓPOLIS




Vênus, o planeta mais brilhante avistado da Terra e que desde meados de julho vem iluminando os fins de tarde em algumas regiões, será completamente encoberto pela Lua neste domingo, dia 8. O evento deve ocorrer por volta das 19h em muitas cidades do Sul situadas abaixo de Florianópolis, ou seja, em latitudes Sul maiores que 27 graus. Quem mora em outras regiões do País não deverá ver a ocultação.

O fenômeno astronômico promete ser de fácil observação. Segundo Jair Barroso, do Observatório Nacional, a sugestão é que se olhe na direção da Lua minutos antes para que se localize o corpo celeste a tempo de sentir como evolui o fenômeno. Depois de encoberto, o astro poderá ser visto reaparecendo no lado mais brilhante da Lua. "Valerá a pena olhar a beleza do quadro que se formará com a passagem da Lua 'muito próxima' a Vênus", ressalta.

saiba mais
ESA: Vênus pode ter sido habitável, assim como a Terra
Em 2012, Vênus passou "em frente" ao Sol; de novo, só em 2117
A ocultação ocorrerá no lado poente após o pôr-do-Sol. "A Lua terá um tom acinzentado na ocasião. Um pouco abaixo dela (cerca de 3 graus ou 6 vezes o diâmetro aparente da Lua), estará a estrela Espiga (ou Spica), que é um astro de primeira magnitude, pertencente à constelação da Virgem. Ela tem importância histórica, pois é mostrada na bandeira brasileira acima da faixa Ordem e Progresso, representando o estado do Pará", explica Barroso.

O astrônomo João Batista Garcia Canalle, coordenador da Olimpíada Brasileira de Astronomia Astronáutica (OBA), lembra também que há outro astro sendo observado no céu noturno. "Desde o mês passado, temos visto Saturno transitar pelo nosso céu. E no domingo, ele estará a cerca de 10 graus acima de Vênus e da Lua, quase em linha com Spica", diz.

Os professores orientam os curiosos a olharem novamente para a mesma região ao anoitecer do dia seguinte. De baixo para cima, será possível observar a estrela Espiga, Vênus, a Lua e, finalmente, o planeta Saturno. "Veja quanto ela 'caminhou' no céu por causa de sua translação em torno da Terra", sugere Canalle.

FONTE: TERRA
FOTO: RAFAEL CORDEIRO BOMBAZAR (RCB).'. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FOTOMONTAGEM FLORIANÓPOLIS FRIA NO INVERNO...

FLORIANÓPOLIS TÁ FRIA...

Preciso me esquentar logo e como diz a Marilyn Monroe "Ter uma carreira é maravilhoso, mas ela não pode te aquecer numa noite fria." ... enfim ai que frio GOSTOSO.
SÓ QUE SOZINHO, AI AI...

FESTIVAL PALCO GIRATÓRIO.

O Festival Palco Giratório Sesc traz a Florianópolis 30 dias de programação intensa e gratuita, com apresentações de teatro, dança, circo, intervenções urbanas, oficinas e arte. Confira a agenda completa e aproveite: www.sesc-sc.com.br/palcogiratorio

ACONTECENDO AGORA!

    :A LUVA E A PEDRA
Espetáculo em repertório desde 2013 Concepção: A Luva e a Pedra é um texto de Quiqué Fernadez, autor e ator Argentino radicado em Madrid. O grupo entrou em contato com o autor e com sua montagem do referido espetáculo em 2011, quando participou do Festival CASA, em Londres. O interesse do grupo sobre o texto surgiu principalmente por se tratar de um trabalho que exigia técnica e fisicamente o trabalho de ator. O diretor e ator da montagem do Teatro em Trâmite, André Francisco, procurava um texto vigoroso e ao mesmo tempo capaz de provocar um trabalho técnico detalhado de interpretação naturalista – proposta expressa na pesquisa que o grupo realizava em 2013. A Luva e a Pedra se distinguia porque propõe a interpretação pelo ator do monólogo de alguns personagens, proposta que diversificava o trabalho do ator em uso do corpo e da voz. Apesar de permitir o acesso às técnicas do teatro naturalista de Stanislávski, o texto provocava uma abertura do leq…