quinta-feira, 25 de agosto de 2016

ACONTECENDO AGORA!

A LUVA E A PEDRA
Espetáculo em repertório desde 2013
Concepção:
A Luva e a Pedra é um texto de Quiqué Fernadez, autor e ator Argentino radicado em Madrid. O grupo entrou em contato com o autor e com sua montagem do referido espetáculo em 2011, quando participou do Festival CASA, em Londres.
O interesse do grupo sobre o texto surgiu principalmente por se tratar de um trabalho que exigia técnica e fisicamente o trabalho de ator. O diretor e ator da montagem do Teatro em Trâmite, André Francisco, procurava um texto vigoroso e ao mesmo tempo capaz de provocar um trabalho técnico detalhado de interpretação naturalista – proposta expressa na pesquisa que o grupo realizava em 2013. A Luva e a Pedra se distinguia porque propõe a interpretação pelo ator do monólogo de alguns personagens, proposta que diversificava o trabalho do ator em uso do corpo e da voz.
Apesar de permitir o acesso às técnicas do teatro naturalista de Stanislávski, o texto provocava uma abertura do leque de possibilidades técnicas. Tendo Stanisláviski como base, o texto do espetáculo projeta o ator ao desafio de construir quatro personagens.
Sinopse:
A Luva e a Pedra é um monólogo teatral original escrito pelo ator argentino que vive em Madrid, Quiqué Fernández.
Nesta montagem, que foi dirigida e adaptada por
André Francisco, ator e diretor do grupo Teatro em Trâmite, a aposta é sobre o trabalho do ator e a simplicidade da montagem.

“A Luva e a Pedra” conta a história de Nelson Santos e fala da sua memória de uma época passada: o interior da França, onde viveu, seu ambiente, seus valores, anedotas sobre o que aconteceu com ele, deixando-nos conhecer uma série de personagens que influenciaram a vida do nosso protagonista.
Em um momento da sua trajetória, encontramos André, que será fundamental para o futuro de Nelson e para a conclusão da sua história. A Luva e a Pedra faz uma reflexão sobre destino e liberdade, lançando mão dos questionamentos que todos nós já nos fazemos um dia: Nós escolhemos nosso futuro? Ou apenas viajamos um caminho já traçado?
ONDE: TEATRO DO SESC - PRAINHA 20H
Sesc em Florianópolis (Prainha)
Travessa Syriaco Atherino, 100 (48) 3229-2200

SESC 70 ANOS

Nenhum comentário: